Gestão de gastroenterite aguda …

Gestão de gastroenterite aguda …

Gestão de gastroenterite aguda ...

Artigo Seções

Como Estimativas da Incidência global de gama gastroenterite aguda de 1,3 a 2,3 episódios de diarreia POR ano em Crianças Menores de cinco ano de Idade. Um ano Cada, Mais de 300 children nsa Estados Unidos morrem devido a this illness.1 Nos Estados Unidos Sozinho, Contas de gastroenterite POR Mais de 220.000 hospitalizações POR ano em Crianças Menores de cinco ano de Idade, or Approximatif 10 POR cento das internações nessa Faixa etária. 1 ósmio custódio destacados diretores parágrafo Atenção hospitalar e ambulatorial E Estimado parágrafo ultrapassar US $ 2 bilhões POR year.1. 2

Na Tentativa de melhorar a Compreensão dos Médicos da Gestão de gastroenterite aguda em Crianças e Pará trazer Mais uniformidade à Abordagens de Tratamento e custódio nsa Estados Unidos, a Academia Americana de Pediatria (AAP) formulado e publicado hum parametro Prática Sobre o ASSUNTO em 1.996, 2 RECOMENDAÇÕES da AAP, adoptada aPOS uma extensa Revisão e Avaliação da literatura Relevante, abordar Três Questões Específicas: Métodos de reidratação, realimentação Durante e apos um ea reidratação utilização de Agentes antidiarréicos PARA O Controle dos síntomas.

Definição e Causas

Ir para Seção +

A Definição uniforme de gastroenterite aguda NÃO Existe. A AAP definir gastroenterite aguda Como Doenças diarreicas de inicio Rápido, com OU sem o Acompanhamento de Sinais OU síntomas Tais Como náuseas, vómitos, febre OU pain.2 abdominal Um principal Característica da Doença E o aumento da Frequência das fezes com alteração da Consistencia das fezes.

Agentes etiológicos parágrafo Pediátrica gastroenterite infecciosa Nos Estados Unidos

Ir para Seção +

AVALIAÇÃO CLÍNICA

A Avaliação da Criança com síntomas de gastroenterite aguda comeca com Uma História cuidadosa parágrafo Obter INFORMAÇÕES PODEM that apontar Pará Outras Doenças com Apresentações semelhantes. OS síntomas respiratórios, Tais Como Tosse, dispnéia OU taquipneia PODE Indicar a Presença de Uma pneumonia subjacente. urinaria frequencia, Urgência OU dor PODEM Ser síntomas de pielonefrite, Uma dor de ouvido PODE Ser hum sintoma de otite Média aguda e febre Alta e estado mental, Alterado PODEM Ser Sinais de meningite OU septicemia. Fatores Como Viagens parágrafo OS Países subdesenvolvidos, uma Exposição de Fontes de Água NÃO tratada beber OU lavar, Contato com animais UO aves, diâmetro de Freqüência centro de Cuidados, Tratamento antibiótico RECENTE OU Até MESMO Uma Mudança RECENTE na dieta PODE Sugerir OUTRAS Causas especificamente tratáveis de vómitos e diarreia.

Um Segundo Objetivo da História e Pará avaliar a Gravidade dos síntomas e o Risco de Complicações Tais Como desidratação. A Presença OU ausencia de febre, uma Quantidade EO tipo de ingestão oral, e A Frequência e de volume Estimado fazer vómito UO fezes São Fatores IMPORTANTES a considerar. A febre aumenta a Perda de Água insensível. Emese, fezes e de volume de urina em Excesso de ingestão, invariavelmente, lev à desidratação significativa. Características das fezes, Tais Como a Presença de sangue DEVE Levar à consideração da Doença bacteriana inflamatoria E UMA MUITO MAIS agressiva work-up e intervention.10

O Exame físico TEM Duas funcoes principais: a Busca por Sinais de condições co-mórbidas e Uma Estimativa do nivel de desidratação. O Primeiro Objectivo PODE sor conseguido com hum Exame cuidadoso Geral. O Segundo Objectivo E o Mais Difícil de Conseguir. Como Tarefas principais São Pará avaliar a adequação da perfusão e Pará determinar se uma desidratação E sepultura o Suficiente parágrafo causar instabilidade hemodinâmica. PoDE Ser Mais Útil Para comparar peso Atual do Paciente com O Último peso Registrado no Gráfico, parágrafo avaliar OS Sinais vitais ortostática do Paciente e analisar cuidadosamente a ingestão de Líquidos por vía RECENTE orais do Paciente.

MESA 2
Avaliação clínica de grau de desidratação

O titular do Direito NÃO Concedente DIREITOS Para reproduzir this article in Mídia eletrônica. Para o produto em falta, Consulte a version de IMPRESSÃO originais Publicação Desta.

Por causa de Dúvidas Sobre a Precisão dos Sinais Clínicos de desidratação, OS Médicos de Família Precisa se Lembrar that como CATEGORIAS de desidratação São APENAS Uma Estimativa. Na atribuição de patients a categoria uma, OS Médicos devem USAR Toda a Informação Clínica e Históricas Disponíveis, NÃO APENAS OS ACHADOS Físicos.

AVALIAÇÃO DE LABORATÓRIO

Sem Passado, um Número de Estudos laboratoriais were utilizados Pará Avaliação de Crianças com vómitos e / ou diarreia aguda. Uma vez Que a terapia de rehidratação oral, se Tornou o Método preferido de Tratamento de desidratação, Os testes laboratoriais de Rotina Já NÃO E Necessário, embora POSSA Ser Útil Para patients indivíduos OU QUANDO uma terapia de Substituição orais de falha.

Gravidade Específica Elevada PODE Indicar desidratação significativa when combinado com Uma História de Produção de urina diminuiu. medições da química do soro, Como OS níveis de eletrólitos, uréia e creatinina NÃO MUDAM uma Abordagem de Gestão inicial na maioria das Crianças estáveis ​​pacientes.15 hemodinamicamente PODEM Ser Tratados com Segurança com a terapia de reidratação oral, APENAS com o Mínimo de Risco de desenvolver significativa abnormalities.16 eletrólito

Os Estudos de Laboratório devem Ser Realizados em Crianças Que São severamente desidratada e Crianças Que estao recebendo uma terapia de reidratação intravenosa. OS níveis de eletrólitos no ser soro TAMBÉM DEVE obtida em Crianças Que apresentam Sinais de hipernatremia OU hipocalemia (Tabela 3). embora existam Evidências de Que essas condições, Bem Como hiponatremia, PODE resolver sem Complicações when a terapia de reidratação oral, used.17 E

Estudos Destinados a identificar Agentes causadores São geralmente APENAS marginalmente Útil em Crianças com gastroenterite não adquirida Mercado interno. No entanto, a Presença de sangue Visível UO oculto NAS fezes DEVE Levantar A Suspeita de Tais Agentes patogênicos Como Espécies de Shigella, Espécies de Campylobacter e hemorrágicas de Escherichia coli. Um grande Número de leucócitos num esfregaço fecal PODE TAMBÉM Indicar hum Processo inflamatório bacteriana. Na ausencia de sangue leucócitos OU graves, Culturas de fezes Caros costumam ter hum Rendimento Muito Baixo e raramente MUDAM manejo clínico Porque a maioria das diarréias Não-inflamatórias São auto-limited.6. 18

Da MESMA forma, Estudos Virais, Tais Como testículos de antígeno rotavírus, PODE Confirmar o agente causador, mas NÃO costumam se mudar de Gestão. Estudos de Antígenos de Giardia e manchas de óvulos e Parasitas geralmente Não São indicados um Menos Que uma Doença diarréica dura Mais de 10 dias OU Uma exists.6 História Exposição provável. 11. 19

Gestão de desidratação

Ir para Seção +

A Gestão da gastroenterite aguda E dirigido à Prevenção OU Tratamento da desidratação that MUITAS vezes acompanha ESTA Doença. Salvo indicação em contrario, no RECOMENDAÇÕES Dadas Nesta Secção São fazer parametro Prática da AAP e estao resumidos na Tabela 4 .2 ESTAS RECOMENDAÇÕES baseiam-se ‘em’ Duas Grandes CONCLUSÕES:

terapia de reidratação oral, DEVE Ser o Tratamento inicial, Porque e Tao do Eficaz Quanto a terapia intravenosa na reidratação e substituição de eletrólitos em Crianças com desidratação leve a Moderada.

Uma dieta apropriada Para A Idade DEVE Ser continuado em Crianças com diarreia that NÃO ESTÁ Desidratado, E UMA Alimentação adequada A Idade DEVE Ser retomado logotipo Que re-hidratação E Realizado em Crianças com desidratação leve a Moderada.

TABELA 4
das Resumo RECOMENDAÇÕES da AAP parágrafo ORT em Crianças baseada no grau Estimado de desidratação *

O titular do Direito NÃO Concedente DIREITOS Para reproduzir this article in Mídia eletrônica. Para o produto em falta, Consulte a version de IMPRESSÃO originais Publicação Desta.

SEM DESIDRATAÇÃO

Leve uma desidratação Moderada

Como Crianças com diarreia e desidratação Ligeira a Moderada, em Avaliação CLÍNICA DEVE Ser tratada com UMA das preparações de re-hidratação comercialmente Disponíveis oral. Como numerosas formulações available Nos Estados Unidos diferem principalmente no Seu Teor de Sódio e osmolalidade (Tabela 5) .2. 21 Todos Contém Polímeros de glicose UO a glicose Como o Seu hidrato de carbono. A Formulação de re-hidratação oral, da Organização Mundial de Saúde, Não prontamente available Nos Estados Unidos, TEM o Maior Teor de Sódio, Bem Como a Mais Alta osmolaridade. De: Não Existe Evidência parágrafo Mostrar Que Uma fórmula E superiores A Outra em Efetuar rehydration.16. 22. 23 de Todos os preparativos São igualmente seguros, MESMO em Crianças com Distúrbios eletrolíticos conhecidos, Uma Vez Que estao hemodinamicamente stable.15

TABELA 5
Soluções de reidratação oral, comercialmente Disponível Nos Estados Unidos

O titular do Direito NÃO Concedente DIREITOS Para reproduzir this article in Mídia eletrônica. Para o produto em falta, Consulte a version de IMPRESSÃO originais Publicação Desta.

DESIDRATAÇÃO GRAVE

Gestão de síntomas

Ir para Seção +

Os pais e OS PACIENTES Mais Velhos, MUITAS vezes Solicitar Medicamentos Específicos parágrafo OS síntomas Mais proeminentes da gastroenterite aguda (vómitos e diarreia). Embora os tais Agentes São comumente prescritos, Seu USO AINDA E controverso. Um Subcomité AAP relatou Uma Opinião that consensual, devido a Natureza auto-limitada fazer vómitos e SUA tendencia a melhorar com um Rectificação da desidratação, Agentes antieméticos Não São Necessários em Crianças agudas gastroenteritis.2 com Médicos, portanto, were aconselhados a USAR discrição na prescrição Agentes antieméticos, devido AO potencial Pará Efeitos adversos, incluíndo reacções alérgicas, sedação, reacções distónicas agudas e Outros síntomas extrapiramidais.

Medicamentos antidiarréicos incluem drogas Que alteram a secreção intestinal (subsalicilato de bismuto [Por Exemplo, Pepto-Bismol]) OU motilidade intestinal (loperamida [Imodium]), adsorventes (caulim / pectina [Por Exemplo Kaopectate]) e preparações Que contenham Bactérias benéficas ( Lactobacillus [Por Exemplo, iogurte]). Estes Agentes geralmente Não São indicados em Crianças com gastroenterite aguda devido à falta de Provas convincentes de that they São eficazes e devido a preocupações de that OS Efeitos adversos PODEM Superar quaisquer Benefícios.

Diarréia em Crianças NÃO devem Ser Tratados com Combinações OU opiáceos opiáceos-anticolinérgico that NÃO loperamida Por Causa do Elevado potencial de colaterais Tóxicos Medicamentos antidiarréicos effects.2 TAMBÉM TEM potencial Para piorar o curso de enterite inflamatoria bacteriana, Levando à megacólon tóxico e hemorragia do cólon .

O Uso de Antibióticos em Crianças com gastroenterite aguda permanece controverso. Embora o Tratamento PODE encurtar o curso de algumas Doenças diarreicas (Por Exemplo Shigella OU diarreia fazer Viajante), diarréias Mais bacterianas São auto-limitadas e Sera resolver os antes de o Organismo causador E identificado. O Tratamento empírico DEVE Ser dirigido PARA O Organismo pensou Mais provável de Ser envolvido.

última comentário

Ir para Seção +

O autor

Endereço para correspondência David M. Burkhart, Família Programa M.D. Dayton Comunidade Residency Prática, 2345 Philadelphia Dr. Dayton, Ohio 45406. Reprints NÃO estao Disponíveis a Partir do Autor.

REFERÊNCIAS

This Page Sera removido de SEUs Favoritos de links. Rápido Você tem Certeza?

mensagens Relacionados

  • Tratamento da Aguda renal insufficiency, uma dose de nebulizador salina.

    A Insuficiência renal aguda Abstract E UMA Condição Comum, freqüentemente encontradas tanto na Prática de da Comunidade e Hospitalares Pacientes internados. Embora continue a Condição heteróloga Ser uma, seguindo básica …

  • Gestão da exacerbações asma Aguda …

    Artigo Seções Em 2005, uma Prevalência de asma Nos Estados Unidos foi de Quase 8 POR cento (Perto de 9 POR cento em Crianças Menores de 18 anos), e Approximatif 4 POR cento dos norte-Americanos (5 …

  • GESTÃO DA AGUDA HCV Infecção …

    Expansões e notas parágrafo abreviaturas utilizadas Nesta Secção PODEM Ser encontrados em Métodos Tabela 3. Um resumo das RECOMENDAÇÕES parágrafo Gerenciamento aguda Infecção VHC E Encontrado na Caixa. Recomendado …

  • Gestão de Neonatal apnéia, bradicardia em Causas Recém-Nascidos.

    Jonathan M. Klein, MD Estado de Revisão de Pares: Internamente revisados ​​POR pares Apnea Definição E UMA pausa na Respiração de Mais de 10 a 15 Segundos, MUITAS vezes Associada a bradicardia, cianose, ou …

  • Tratamento da anemia POR Deficiência de ferro

    MESMO Que o Número limitado de Ensaios incluidos Nesta Revisão encontrados oral, intramuscular e intravenosa de ferro parágrafo Aumentar OS Valores de hemoglobina materna, OS Dados Não foram suficientes para …

  • Hipertônica salina parágrafo aguda bronquiolite …

    Nebulizada hipertônica salina POR bronquiolite aguda no departamento de Emergência resultado primário Medidas: Avaliação Respiratória Mudança Score (RACS) [Cronograma: Linha de base e Uma hora] […