Hipotermia, Prevenção, Reconhecimento …

Hipotermia, Prevenção, Reconhecimento …

Hipotermia, Prevenção, Reconhecimento ...

Hipotermia Situações Especiais

This article E fornecido here com uma Permissão de Andrew D Weinberg, MD

hipotermia; pathophystology; ressuscitação; reaquecimento; algoritmo de Tratamento

De Harvard Medical School.
Boston, Massachusetts. e
Brockton / Roxbury VAMC, West
Roxbury, Massachusetts.

Andrew D Weinberg, MD

[Weinberg AD: A hipotermia. Ann Emerg Med
Fevereiro de 1993; 22 (Pt 2): 370-377].

Visão Geral dos Problemas

temperatura hipotermia (Corpo Acidental sepultura Abaixo de 30°C) esta Associada à Depressão acentuada fazer Fluxo sanguíneo cerebral e necessidade de Oxigênio, diminuição do Débito cardíaco e diminuição da pressao arterial. Como Vítimas PODEM aparecer clinicamente morta Por Causa da Depressão acentuada do Cérebro e Função cardiovascular: reanimação completa com Recuperação Neurológica intacta E Possível, embora Incomum. lt; 1GT; A maioria dos episódios clinicamente significativos de resultado hipotermia de Uma lesão em hum ambiente frio, submersão em Água Fria OU Uma Exposição prolongada a Baixas temperaturas sem Vestuário de Protecção Adequado. Como Vítimas pulsos periféricos e esforços respiratórios PODEM Ser dificeis de detectar, mas OS Procedimentos de salvamento NÃO DEVE de base com Sor retida na Apresentação clínica.

Clínicas Características

Como principais quedas da temperatura corporal, o metabolismo basal Queda de taxa de consumo de Oxigênio e gradualmente, mas de forma progressiva. lt; 3,4gt; A Moderada hipotermia (34 a lt; 36 ° C) tremores Resulta EM, Perda de Coordenação motora fina, letargia e Confusão leve. lt; 3-4-8 gt; Em Moderada (30°C 34 um°C) um grave hipotermia (Abaixo de 30°C), OS Alunos PODEM dilatar e Atividade cardiovascular cessa (Tabela). Como Vítimas Que sofreram Quase afogamento Antes de se tornar hipotérmica PODE aspirar Água e TEM o Dano pulmonar, resultando em hum Curso MUITO MAIS Difícil postresuscitative. Desde laringospasmo sem Aspiração de Água PODE acompanhar episódios de Quase-afogamento, uma PODE hipóxia ocorrer sem hum insulto pulmonar significativa da Água aspirada.

Hemodinamicamente, leve hipotermia (34°Para C 35°C) provoca hum aumento da Frequência Cardíaca, Resistencia vascular Periférica, um arterial pressao, a pressao venosa e Central do Débito cardíaco. Moderado (30°C 34 um°C) e hipotermia sepultura (Abaixo de 30°C) bradicardia PODE causar, arritmias (fibrilação atrial E Comum, mas Praticamente QUALQUÉR atrial, arritmias juncional OU ventricular PODE ocorrer), Hipotensão E UMA Queda fazer Débito cardíaco. À Medida Que a temperatura cai Abaixo de 30°C, o Risco de fibrilação ventricular (FV) aumenta dramaticamente; Como a temperaturas fazem CAIR núcleo Baixo Mais, VF, eventualmente, Leva um assistolias. A onda J (Osborn onda), Que É Mais proeminente em chumbo V3 OU V4, ocorre em 80% dos patients hipotérmicos e Aumentos sem * Tamanho com a diminuição da temperatura central do Corpo. lt; 11gt; A onda J PODEM TAMBÉM Ser visto com sepse e lesões do Sistema nervoso central. lt; 12gt;

Tabela Principais CONCLUSÕES de Diferentes graus de hipotermia

Temperatura (C) Achados ósmio Clínicos

  • lt; 37GT; temperatura oral normal
  • lt; 36gt; taxa metabólica aumentou
  • lt; 35gt; tremores Máxima visto / Julgamento prejudicado
  • lt; 33gt; forte turvação de Consciência
  • lt; 32gt; A maioria tremores cessa e pupilas dilatam
  • lt; 31gt; A pressao arterial PODE NÃO obtida Sor
  • lt; 28

3Ogt;

  • desaceleração sepultura de pulso / Respiração
  • O aumento da rigidez muscular
  • Perda de Consciência
  • Fibrilação ventricular
  • lt; 27gt;
    • Perda de tendão profundo. da Pele e do DOS capilares reflexos
    • Os patients parecem clinicamente morta
    • parada completa Cardíaca
    • À Medida Que a temperatura do núcleo Diminui, há Depressão Respiratória com hipoxemia e hipercarbia subsequente. lt; 3GT; Um Respiratória combinadas e acidose metabólica PODE ocorrer devido a hipoventilação, a retenção de dióxido de carbono, Redução do metabolismo hepático de ácido Orgânico, devido à diminuição da perfusão do Fígado, e aumento da Produção de ácido láctico A Partir de perfusão Auditivos do músculo esquelético e tremores. lt; 3-8gt; Há Alguma Controversia Sobre se gasometria arterial DEVE Ser corrigido parágrafo a temperatura não hipotérmico Paciente, embora o reaquecimento geralmente PODE Ser esperado parágrafo Corrigir o Desequilíbrio metabólico Apos um Circulação restabelecida E normal. lt; 5-3-14gt; A acidose metabólica PODE Ser observado em patients hipotérmicos e PODEM NÃO responder Ao Tratamento bicarbonato. lt; 15gt;

      Hipotermia afeta a Função de Tudo systems.lt orgão; 4GT; Ela PODE causar uma inibição da Libertação de hormona antidiurética e Diminuir a Actividade oxidativo tubular renal, causando uma depleção de volume de e diurese. lt; 16GT; O hematócrito PODE Ser Elevada devido à desidratação e contração do baço, lt; 4GT; e viscosidade do plasma, foi encontrada uma Aumentar à Medida Que a temperatura desce Abaixo do núcleo 27°C lt; 4GT;. A hiperglicemia TAMBÉM PODE Ser observado em patients hipotérmicos devido à diminuição da Libertação de insulina e de inibição da utilização Periférica de glicose. This Condição, MUITAS vezes, ser revertida com reaquecimento, embora a utilização de insulina raramente PODE Ser necessaria Específicos em Casos. lt; 17gt; Tremendo, se prolongada, hipoglicemia PODE causar, Como como Reservas de glicogénio PODEM tornar-se Completamente esgotado. Hipoglicemia TAMBÉM PODE Ser hum resultado laboratorial inicial em patients Que tenham SIDO Expostos a Resistência física de longa Duração e exaustão e MUITAS vezes PODEM Ser observadas em Pacientes alcoólatras, that PODE Já ter esgotado como Reservas de glicogénio. lt; 18gt;

      O Reflexo de Mergulho mamífero PODE Ser invocado em Vítimas de submersão pediátricos. resfriamento facial provoca apneia e Desvio circulatório PARA O Cérebro EO Coração, lt; 15gt; O Que PODE Ser protectora. Este Reflexo PODE TAMBÉM ocorrer em Adultos, embora o significado clínico AINDA NÃO ESTÁ claro. lt; 19gt;

      Princípios Gerais de Tratamento

      testículos laboratoriais

      QUANDO Possível, a Avaliação laboratorial de Rotina DEVE Ser realizada, incluíndo gases no sangue arterial (gasometria arterial), um hemograma COMPLETO, tempo de protrombina, tempo de tromboplastina parciais, glicose, eletrólitos, uréia, SERICA creatinina, amilase, Provas de Função hepática , ECG, radiografia peito; e Exame de urina. Estes Ensaios IRA permitir that Uma Linha de base de um Ser estabelecida e Sera Muito Útil não Período postresuscitative QUANDO PODEM ocorrer Complicações. Há hum consensus Geral de that ABGs NÃO precisam Ser corrigidos Durante um hipotérmica fase, Como reaquecimento IRA Corrigir Todas como alterações induzidas hipotérmicos-. Reaquecimento continua a Ser o Tratamento primário em hipotermia severa parágrafo quaisquer Anomalias detectadas.

      intervenções

      E Importante salientar Que o Coração severamente hipotérmica (lt; 30°C) E geralmente NÃO respondem a CardioActive drogas, Estimulação de Marcapasso e desfibrilação. lt; 4GT; administrados Medicamentos, incluíndo epinefrina. lidocaína e procainamida, PODEM se acumular em níveis Tóxicos se Usados ​​repetidamente na Vítima gravemente hipotérmica. intervenções NÃO DEVE Essenciais Ser evitada Até Que a temperatura interna E Aumentada Acima de 30°C. No entanto, Indicado e Procedimentos Necessários (Por Exemplo, CPR, Ventilação, Tratamento de feridas e lesões significativas) retido Nunca DEVE ser. Por Exemplo, a entubação endotraqueal do Paciente gravemente hipotérmica PODE Ser necessaria parágrafo Proteger como Vias Aéreas, parágrafo Corrigir a hipoxemia e hipercapnia, e parágrafo Entregar Quentes Oxigênio umidificado. Ventilação Prévia com Oxigênio uma PODE 100% Diminuir a Probabilidade de VF QUANDO OS Procedimentos invasivos São tentadas. Durante o transporte de patients entubados, Os tubos da bainha-porta PODE congelar e quebrar um Menos firmemente colado à Pele.

      prestadores de Cuidados de Emergência pré-hospitalar DEVE Estar CIENTE de that OS Medicamentos parágrafo OSU pré-hospitalar DEVE Ser impedido de congelamento, Como ISSO PODE afetar A SUA Força Terapêutica Apos o descongelamento. Um em maioria dos Medicamentos PODE Ser armazenado com Segurança 15°Para C 30°C, e como Caixas de Medicamentos aquecidos PODEM Ser Necessários parágrafo reanimação pré-hospitalar em that como temperaturas Ambientes CAEM na gama baixa.

      Métodos de reaquecimento passivo, parágrafo Ser USADO em Vítimas hipotérmicos e Como coadjuvante não Moderada uma grave hipotermia, incluem pacotes de calor parágrafo OS Braços e áreas virilha, LAMPADAS de AQUECIMENTO, aquecida Cobertores, e-quente-ar aquecido "saco de dormir" Dispositivos.

      Técnicas de reaquecimento principais Ativos São uma Modalidade Terapêutica Primária em Vítimas de hipotermia em Parada Cardíaca OU patients hipotérmicos inconscientes com Uma Frequência Cardíaca lenta.

      depleção de volume E hum Achado clínico Comum há Paciente gravemente hipotérmica e Fluidos indicados IV São Paulo. Os Parâmetros habituais parágrafo a Avaliação do fluido PODEM Ser dificeis de USAR em Uma Vítima hipotérmica, devido à grandes quantidades de fluido não "Terceiro Espaço" e uma dificuldade de Obtenção de clínica pressões sanguíneas ortostática e peso. DEVE Ser enfatizado Que o Acesso Periférica PODE Ser Muito limitada devido à vasoconstrição, e Uma Linha central, PODE ter de Ser colocado à chegada no ED. IV Conjuntos de infusão, cateteres urinários, tubos de sucção e tubo endotraqueal PODE tornar-se duro e quebrar se NÃO para a pré-aquecido pingos o Uso de pré-hospitalar. Soluções IV also devem Ser impedidos de congelamento. mas como formulações Padrão de Soluções salinas e dextrose PODE Ser USADO COM Segurança se APOS descongelação sem precipitados visíveis estao PRESENTES e OS Sacos estao intactos.

      monitoramento ECG DEVE Ser Realizado em ambiente pré-hospitalar, sempre Que Possível Durante a ressuscitação e transporte. o Pessoal pré-hospitalar TAMBÉM DEVE Estar CIENTE de that como Almofadas Adesivas Para cabos que monitorar NÃO vai Ficar com a fria pele, e Condução de Sinais Elétricos Em Toda a Pele fria prejudicada PODE Ser em Taís configurações. Em Pacientes com hipotermia Moderada uma sepultura sem qua tal Condução de Sinais de ECG E afectada, Electrodos de agulha PODE precisar de Ser inserido. A agulha PODE Ser Uma agulha de Injecção perfurados ATRAVES fazer gel-espuma de Uma ALMOFADA adesiva convencional Que É, em SEGUIDA. POR SUA vez, ligada Ao electrodo de ECG que monitorar. Este Método evita a necessidade de ter Eletrodos de agulha especial-Feitos parágrafo Cada máquina. Em Ambientes Frios em Que se deseja hum Acompanhamento Contínuo, PODE Ser necessaria tintura de benjoim Para Manter Contato das ligações fazer monitor. A amplitude do QRS DEVE Ser maximamente amplificado se Não Há Complexos São Vistos inicialmente.

      Hipotermia (34°Para C 35°C)

      No ambiente hospitalar, OS PACIENTES Que estao conscientes e tenham Uma Circulação Eficaz TAMBÉM PODE Ser TRATADO COM reaquecimento externo parágrafo UNICAS áreas troncular, mas Monitorização constante DEVE Ser mantido parágrafo detectar QUALQUÉR afterdrop potencial that PODE ocorrer.

      hipotermia Grave (lt; 30°C)

      entubação endotraqueal Para fornecer Ventilação Eficaz com Água morna Oxigênio, humedecido e Pará Evitar a Aspiração DEVE Ser realizada no Paciente hipotérmico inconsciente com Ventilação inadequada. Em Taís Casos, um Ventilação Prévia com 100% de oxigénio atraves de Uma máscara de saco-válvula E Recomendado. Em hum Estudo prospectivo Multicêntrico de Vítimas de hipotermia, cuidado entubação endotraqueal NÃO resultou em hum Único incidente de VF. lt; 26gt;

      Se um Vítima hipotérmica ESTÁ em Parada Cardíaca, Siga o algoritmo de Tratamento hipotérmico (Figura). Se VF E detectado, o Pessoal de Emergência desen Entregar Três Choques Para determinar a RESPOSTA atrial (incluíndo o Uso de desfibriladores Externos Automáticos). Se VF persistir APOS Três Choques, Novos Choques DEVE Ser evitada Até Apos o reaquecimento parágrafo Acima de 30°C. CPR, o reaquecimento e Transporte Rápido DEVE Seguir imediatamente um inicial de Três desfibrilação fazer. Se a temperatura do núcleo ê inferior a 30°C, desfibrilação Bem sucedida PODE NÃO Ser Possível Ate O reaquecimento E Realizado. lt; 4GT;

      Gestão Hospitalar

      Tratamento das Vítimas severamente hipotérmica em Parada Cardíaca em ambiente hospitalar DEVE Ser dirigido parágrafo Uma Rápida reaquecimento do núcleo. Além Disso, o trauma DEVE Ser procurada e tratada em Vítimas de hipotermia, Como patients feridos com temperaturas Centrais Menos de 32°C TEM Mais Probabilidade de Morrer fazer that aqueles com temperaturas Normais. lt; 27gt;

      Embora a temperatura do esôfago e Um bom indicador da temperatura do Coração, lt; 25gt; a maioria dos desreguladores endócrinos USAR membrana timpánica OU retal temperatura. No entanto DEVE Notar-se Que a utilização de Dispositivos de Ventilação em UO patients com Canais Externos bloqueou-cerume a colocação de Sondas NAS fezes rectais congelados Não Será Eficaz devido à incapacidade de se Obter Uma Leitura Precisa. lt; 5gt;

      temperatura interna Contínua e Monitorização Cardíaca DEVE Ser realizada, Bem Como a colocação de hum cateter urinário Para monitorizar a Produção de urina. oxímetros de pulso NÃO funcionam Bem em patients hipotérmicos constritos e NÃO refletem com Precisão uma oxigenação. lt; 5gt;

      Postresuscitative Complicações PODEM Incluir pneumonia, pulmonar edema. arritmias atriais, aguda tubular necrose, aguda pancreatite, Síndromes do compartimento, coagulação intravascular disseminada, hipofosfatemia, hemólise, trombose intravascular, mioglobinúria, convulsões e Insuficiência Temporária, adrenal. lt; 4-5-36gt;

      hipotermia Acidental sepultura e Um Problema sério e evitável Saúde. Os Clínicos devem PROCURAR ” urbana" hipotermia em áreas urbanas, Onde TEM Uma Alta Associação com a Pobreza e Uso de drogas e Álcool. lt; 37-38gt; Nas áreas Rurais, Mais de 90% das mortes POR hipotermia ESTÁ Associada com níveis Elevados de Álcool no sangue. lt; 39gt;

      Finalizando esforços de ressuscitação

      comentario

      A INTRODUÇÃO de Um Novo algoritmo PARA O Tratamento de hipotermia IRA facilitar o ensino de Técnicas de avaliação e reaquecimento Básicos a todos OS prestadores de Cuidados de Saúde. Para a Vítimas de hipotermia no ambiente pré-hospitalar, o Uso de CPR, removendo a roupa Molhada e Que protegem do Vento frio, e estabilização com ar aquecido / Oxigênio e Fluidos IV Constituinte como Modalidades de Tratamento Iniciais. Intra-Hospitalar de reaquecimento e de Gestão PODE requerer intubação, colocação de Linha central, aquecida Lavagem diálise peritoneal e Tratamento extracorporal. Fechar Gestão postresuscitative exigirá Uma Estreita Observação nenhum hospital parágrafo Uma Variedade de potencial pulmonar, hematológicas. e Complicações Renais.

      Iniciativas de Investigação

      (A) PODE exigir Eletrodos de agulha atraves da canela.
      (B) MUITOS Especialistas Acham Que ISSO DEVE Ser Feito APENAS em-hospital.
      (C) Os methods incluem Dispositivos Elétricos OU carvão AQUECIMENTO, Água Quente garrafas, Almofadas de AQUECIMENTO, Fontes de calor radiante, e camas de AQUECIMENTO.
      (D) OS tubos de reaquecimento esofágicas São amplamente utilizadas na Europa.

      FV = fibrilhação ventricular
      VT = Taquicardia Ventricular
      J = joules
      KCL = cloreto de Potássio

      REFERÊNCIAS:

      2. Coleman A, Exton-Smith AN. Francis G. et al: Um Estudo piloto de Baixas temperaturas Corporais em Idosos hospitalar internados em. J R Coll Médicos Lond 1977; 11: 291-306.

      3. Edlich RF. Silloway KA, Feldman PS, et al: inluries frias e Distúrbios. Conceitos Atuais Cuidados Trauma 1986; 0,4-11.

      4. Reuler JB hipotermia: Fisiopatologia, Ambientes Clínicos e de Gestão. Ann Intern Med 1978, 89: 519-527.

      5. Schneider SM: Um hipotermia. A Partir do Reconhecimento de reaquecimento. Relatórios de Medicina de Emergência 1992; 13: l-20.

      6. Weyrnan AE, Greenbaum DM, Grace WJ. hipotermia Acidental Uma População alcoólica. Am J Med 1974; 56: 13-21.

      7. Branco JD: hipotermia: Uma Experiência BelIvue. Ann Emerog Med 1982; 11: 417-424.

      8. Harnett RM, Pruitt JR, Sias FR. Uma Revisão da literatura Sobre a reanimação de hipotermia l e II Aviat Espaço Eviron Med 1983; 54: 425-434; 487-495.

      9. Bolte RG, Black PG, Bowers RS. et al: ósmio Usos de reaquecimento coporeal adicional em Uma Criança submerso POR 66 Minutos. JAMA 1998; 260: 377-379.

      10. WALPOTH BH, Volken U, Pfaffi T. et al: hipotermia profunda Acidental COM Parada cardiorrespiratoria: reaquecimento Sangue extracorporais patients em Onze. Eur J cardiotorácica Cirurgia 1990; 4: 390-393.

      11. Okada M. Nishimura F. Yoshino H, et al: A onda J em hipotermia Acidental. J Electrocardiol 1983; 16: 23-28.

      12. Danzl DF, Pozos S, Hamlet MP: Acidental hipotermia. em Auerbach RS, Geehr CE (eds): Gestão Faz Deserto e Emergências Ambientais, ed 2. St Louis. Missouri. Mosby, 1989, p27-63.

      13. veste RL: gases de sangue em hipotermia (Ietter) JACEP 1979; 8: 247.

      14. Ream AK, Reitz BA, Silverberg C: correcção da temperatura da PCO2 e pH na Estimativa fazer estado ácido-básico: Um Exemplo de Roupas Novas do Imperador? Anesthesiology 1982; 56: 41-44.

      15. Southwick FS, Dalgish PH: Recuperação APOS A Prisão prolongada assistolias Cardíaca em hipotermia profunda: relato de caso e Revisão da literatura. JAMA 1980; 243: 1250-1253.

      16. Segar WE: Efeito da hipotermia em MECANISMOS de transporte tubulares. Am J Physiol 1956; 195: 91-96.

      17. Samuelson T. Doolittle W, Hawyard J, et al: A hipotermia e Água Fria Quase afogamento. Diretrizes de Tratamento. Alasca Med 1982; 24: 106-111.

      18. Haight JS. Keatinge WR: Falha de termorregulação sem Durante frio a hipoglicemia induzida Exercício hy e etanol. J Physiol (Lond) 1973; 229: 87-97.

      19. Bjertnaes L. Hauge A. Kjekshus J. et al: Respostas Cardiovasculares um rosto de Imersão e apneia Durante o Exercício muscular estado estacionario. Um Estudo do Coração cateterismo em Seres Humanos. Acta Physiol Scand 1984; 120: 605-612.

      20. Weinberg AD. Hamlet MP. Paturas JL. et ai: CVelhos Meteorológicas Emergências: Princípios de Gestão Paciente. Branford, Connecticut, American Medical Publishing Co. 1990. p 10-30.

      21. Stedha JA: A eficacia e Segurança de Técnicas de reaquecimento pré-hospitalares Para o Tratamento de hipotermia Acidental. Ann Emerg Med 1991; 20: 896-901.

      22 Webb P: Afterdrop da temperatura do Corpo: Uma explicação alternativa. J. Appl Physiol 1986; 60: 385-390.

      23. Romett TT: Mecanismo de afterdrop APOS Imersão em Água Fria. J Appl Physiol 1988. 65: 1535-1538.

      24. Steinman A. ressuscitação cardiopulmonar e hipotermia. circulation 1986; 74: 29-32 IV.

      25. Zell S, Kurt K: hipotermia severa Exposição: Um protocolo de reanimação. Ann Emerg Med 1985; 14: 339-345.

      26. Salão KN. Syverud SA: Fechado Lavagem da cavidade torácica, sem Tratamento da hipotermia sepultura em Seres Humanos Ann Emerg Med 1990; 19: 204-206.

      27. Jurkovich GJ: Greiser WB. Luterman A, et al: A hipotermia em Vítimas de trauma: um preditor sinistra da Sobrevivência J Trauma 1987; 27; 1019-1024.

      28. Kristensen G, Drenck NE, Jordening H: Um Sistema simples PARA O reaquecimento de patients hipotérmicos. lanceiro 1986; 2: 1467-1488.

      29. Iversen RJ, Atkin SH. Jaker MA. et al: CPR Bem sucedida em hum Paciente gravemente hipotérmica usando Lavagem pleural Contínua Ann Emerg Med 1990: 1335-1337.

      30. Moss J: Acidental sepultura hipotermia Surg Gynecol Obstet 1986; 162: 501-513.

      31. Elenbaas RM, Mattson K Cole H, et al: Bretílio em fibrilação ventricular induzida POR hipotermia em cães. Ann Emerg Med 1984; 13: 994-999.

      32. Buckley JJ, Boncy OK, Bacaner MB: Prevenções de fibrilação ventricular E hipotermia Acidental sepultura. Anesth Analg 1971; 50: 587-593.

      33. Gentilello LM, Rifley WJ: Contínuo arteriovenosa reaquecimento. Relatório de Uma Nova Técnica Para o Tratamento de hipotermia. J Trauma 1991; 31: 1151-1154.

      34. Del Rossi AJ, Cernaianu AC. Vertrees RA, et al: A Circulação extracorpórea Heparinless Para o Tratamento de hipotermia. J Trauma 1990; 30: 79-82.

      35. Olsen RG: Redução afterdrop temperatura em macacos rhesus com reaquecimento radiofrequência. Aviat Espaço Environ Med 1988; 59: 78-80.

      36. Althaus V, Aeberhard P, Schupbach P, et al: Gestão de profunda hipotermia Acidental com parada cardiorrespiratoria. Ann Surg 1982; 195: 492-495.

      37. Woodhouse P, Keating WR, Colshaw SR: Fatores Associados À hipotermia em Pacientes internados em hum grupo de hospitais da Cidade INTERNA Lanceta 1989; 2: 1201-1205.

      38.Danzl DF. Pozos RS. Auerbach PS. et al: hipotermia Multicenter Pesquisa. Ann Emerg Med 1987; 74: 1159-1160.

      39. Gallaher MM. Fleming DW. Berger LR. et al: mortes de Pedestres e hipotermia Entre OS Americanos Nativos do Novo México. JAMA 1992; 267: 1345-1348.

      40. Schaller MD, Fischer AP, Perret CH: hipercalemia: Um Fator Prognóstico Durante uma grave hipotermia aguda JAMA 1990; 264: 1842-1845.

      Pedidos de separatas parágrafo:

      Andrew D Weinberg. MD
      1647 Brookhaven Close, NE
      Atlanta, GA 30319

      mensagens Relacionados

      • Prevenção de hipotermia, plano de Cuidados de hipotermia.

        Prevenção de hipotermia em Idosos tanto na Comunidade e NAS Instituições agudas e Cuidados de Longa Duração, Enfermeiros OS precisam Ser particularmente vigilantes NA PROTEÇÃO DE patients Idosos frágeis A Partir de …

      • Hipotermia Para as Crianças

        Editor de s Nota: A narração e Legendas Perto Neste Vídeo São em Inglês. Pará como Legendas em 13 página Outros idiomas, Veja este vídeo Não sítio da Organização Mundial de Saúde. Fundo …

      • Causas hipotermia, síntomas …

        Como E diagnosticada hipotermia? Reconhecendo OS síntomas E O Primeiro Passo no diagnóstico de hipotermia. Um termômetro Especializada, disponivel na maioria das salas de Emergência do hospital, PODE detectar Muito Baixo …

      • Hipotermia Tratamento de Primeiros Socorros …

        1. Ligue PARA O 911 Se Você suspeitar de síntomas de hipotermia de hipotermia em Adultos e Crianças incluem: Confusão, Perda de Memória. OU arrastada Gota discurso da temperatura corporal Abaixo de 95 Farenheit exaustão …

      • Hipotermia Para as Crianças

        Ontem, como 6h Saiu Robin do Celeiro, segurando hum frio, Molhado, cabrito toupeira. Ela tinha Os Olhos Abertos, mas Ela estava Completamente indiferente. Enquanto respirando AINDA, Não parecia haver nenhuma vida …

      • Tratamento Natural e Prevenção …

        Hoje NÓS ESTAMOS Exibindo-LHE Maneiras simples de Prevenir como hemorróidas, Bem Como Tratamentos Naturais Para aqueles Que Já sofrem com enguias. NÃO PERCA! O Termo “hemorróidas” já Mostra sua …